Prefeitura de Bento Gonçalves teme que avanço e novas variantes da Covid-19 possam levar região à bandeira vermelha

  • 19 de fevereiro de 2021

O aumento no número de pacientes diagnosticados com o novo coronavírus, além da entrada no estado de novas variantes da doença mais transmissíveis, pode levar à região da Serra Gaúcha à bandeira vermelha no modelo de Distanciamento Controlado do Governo do Estado. O assunto foi pauta de uma reunião realizada na manhã desta sexta-feira, 19, com integrantes do Comitê de Atenção ao Coronavírus de Bento Gonçalves.

No encontro, foram apresentados dados que ligam o sinal de alerta para o retorno às medidas mais rígidas de combate a covid-19. Conforme a diretora técnica do Hospital Tacchini, Roberta Pozza, nos últimos 14 dias, houve aumento na busca dos pacientes por atendimento respiratório no Tacchini, um discreto aumento nas internações, e ocupação nos leitos críticos da UTI, ficando próximo aos 85%. “Precisamos manter as precauções. O que não pode acontecer é um grande número de pessoas com a necessidade de atendimento ao mesmo tempo, e que não tenhamos capacidade de internação e UTI para receber este paciente”, disse.

Conforme a secretária de Saúde de Bento Gonçalves, Tatiane Misturini Fiorio, nas últimas três semanas, o cenário na cidade apresentava estabilização da doença. No entanto, nos últimos dias, o aumento no número de atendimentos na rede pública voltou a preocupar as autoridades de saúde. De acordo com Tatiane, em alguns dias, o número de atendimentos ultrapassou os 500 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). “isso nos preocupa, e com essa mudança brusca nos indicadores, a macrorregião da serra está com indicadores de bandeira vermelha nesta semana, muito próximo ao limite para bandeira preta”, salienta.

O novo mapa preliminar deverá ser divulgado nesta sexta-feira, 19, pelo Comitê de Crise da Secretaria Estadual da Saúde (SES).

Forças de segurança realizam ações para evitar aglomerações em Bento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.