Idoso de 102 anos é imunizado em Bento Gonçalves contra a Covid-19

  • 17 de fevereiro de 2021

O bento-gonçalvense Adolfo de Gasperi, de 102 anos, é um dos primeiros moradores da cidade. Ele foi vacinado no último domingo

Adolfo Luiz de Gasperi é um guerreiro, em todos os sentidos da palavra. Quando bebê, ele e a família passaram pela época da gripe espanhola de 1918. Um século depois, De Gasperi foi um dos bento-gonçalvenses mais velhos a ser vacinado contra a Covid-19 – mais uma doença pandêmica que atingiu o mundo –, aos 102 anos.

No chuvoso domingo do dia 14, seu Adolfo chegou ao drive-thru, montado junto à Fundaparque, no bairro Fenavinho. A técnica de enfermagem do município, Luiza do Rosário, foi uma das que acompanhou esse momento histórico. “Fiquei surpresa, lágrimas vieram e, junto, um misto de sentimentos, mas prevaleceu a felicidade de estar ajudando o próximo em um instante tão importante. Ao mesmo tempo me pergunto: será que terei a oportunidade de viver até essa idade?”, relata. A segunda dose está marcada para o dia 3 de março.

Aposentado exibe a carteira que comprova a vacinação. Foto: Franciele Zanon

Quem o vê não diz que tem mais de cem anos. Lúcido e muito conversador, De Gasperi conta que estava na expectativa de ser imunizado. “Estou muito bem, não tive reação alguma. Vou viver até os 120 anos. Não saio de casa, só quando me levam”, afirma entusiasmado. “Cuidamos dele com muito zelo”, complementa o filho Alcides.

Neto de italianos da região de Trento, seu Adolfo é o quinto de 12 filhos. Aos 26 anos, casou-se com Terezinha (in memorian) com quem permaneceu por 74 anos. Com ela teve quatro filhos, cinco netos e cinco bisnetos. Pergunto se a esposa era bonita. “Ô, uma miss. Decidiu partir antes, está me esperando, mas não tenho pressa de ir embora”, pondera.

A família De Gasperi foi uma das primeiras a se instalar em Bento Gonçalves, município com 130 anos, mais especificamente no bairro Santo Antão. “Era colônia, muito diferente do que é hoje. Meu avô tinha um salão de festas e se reuniam para dançar”, comenta a filha Beatriz. Foi daí que Adolfo pegou gosto e prazer pela dança. “Nosso divertimento era dançar, e eu dançava muito bem, era um pé de valsa”, confessa.

O centenário relata que começou trabalhando na roça com os pais. Ajudou na construção da igreja do bairro. Ao chegar à zona urbana, atuou como tanoeiro – que fabrica toneis, pipas e barris. Aos 18 anos, serviu o exército no 6º Batalhão de Comunicações (BCom). Após se casar, em 1944, montou, junto com os irmãos, a Ferragens Planalto e o Hotel Planalto. Um ano depois, presenciou a Segunda Guerra Mundial.

Família reunida na celebração dos 100 anos de seu Adolfo. Foto: Arquivo pessoal

De Gasperi continua a ser uma fonte de alegria e entretenimento para aqueles ao seu redor. O idoso gosta de jogar carta com os amigos, de estar em boa companhia e não esconde a paixão pelo Clube Internacional. “O pai está sempre alegre, obedece às ordens do médico, gosta de conversar, de brincar. Isso é o que mantém”, enaltece o filho. Atualmente, ele mora no bairro Cidade Alta com a filha Beatriz, e conta com ajuda de cuidadoras.

Vacinação em Bento

No fim de semana passado, a Secretaria Municipal de Saúde imunizou cerca de 750 idosos. A organização foi feita em formato drive-thru no pavilhão “E” da Fundaparque, onde, desde cedo, recebeu pessoas acima de 90 anos, grupo prioritário para imunização. Quem compareceu ao local, recebeu um cacho de uva, em comemoração à Estação Vindima, e pode acompanhar a apresentação do gaiteiro Leonardo Rossatto.

A cidade já recebeu quatro remessas das vacinas contra o coronavírus, um total de 7.690 doses. De acordo com a prefeitura de Bento Gonçalves, foram 2.783 profissionais da saúde, 378 idosos abrigados em Instituições de Longa Permanência (ILPI), 40 indígenas e 700 pessoas acima de 85 anos (dados ainda não oficializados à Secretaria Estadual da Saúde).

Confira o vídeo de seu Adolfo sendo vacinado. A mídia foi enviada e autorizada pela família.Tags:Adolfo de GasperiBento GonçalvesCentenário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.