Alex Carniel, prefeito de Garibaldi faz prestação de contas e destaque da sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Garibaldi

OS PRIMEIROS 30 DIAS DE ALEX CARNIEL E SÉRGIO CHESINI

Participei com os colegas da coletiva no gabinete do prefeito Alex Carniel, com seu vice-prefeito, Sérgio Chesini, respondendo interinamente também pela Secretaria da Fazenda ao lado de Rubens Ferretti, Contador da Prefeitura, a apresentação dos primeiros 30 dias de governo.

Alex Carniel, prefeito de Garibaldi e Sérgio Chesini, vice/Foto Conceito

O balanço aponta uma situação delicada quanto  à capacidade do “ pulmão de caixa “ deixada pela administração anterior – R$ 2.990.568,10 – e que, segundo palavras do prefeito, “ é um momento delicadíssimo e, talvez, será necessário até “ sacrificar “ alguns projetos para não comprometer a receita. Fez um relato das primeiras iniciativas de seu governo. Alex disse “ que a prioridade maior é continuar em defesa da vida, diante da Covid-19 é preocupação com a vida: se tiver que deixar de lado execução de projetos em obras, o fará em prol da vida.”

SÉRGIO CHESINI, VICE, SOBRE SITUAÇÃO FINANCEIRA

O vice Sérgio Chesini, começou a apresentação da situação financeira encontrada, salientando: “ o tripé Conceito, Justo e Legal, o dinheiro não é de Alex, meu ou de qualquer outro secretário ou funcionário, mas dos cidadãos “. O mês de janeiro de 2021, mesmo diante de uma situação delicadíssima, conseguimos cumprir com muito trabalho. Os projetos são animadores e o que posso destacar é uma nova gestão pública determinada e aberta. Seremos fiéis aos princípios de gestores públicos. Estaremos aqui periodicamente para abrir a contabilidade e expor cada centavo aplicado e existente no caixa. ”

=

O olhar para a longa caminhada que Alex e Sérgio terão pela frente nos próximos quatro anos, precisa, também, nesse início, um olhar para o passado. Por isso, como olhar através de um retrovisor de carro, eles apresentaram a situação nesse primeiro mês

para, justamente, deixar a comunidade a par da situação real que encontraram e, daqui para frente, seguir a estrada nessa missão de quatro anos.

RETROVISOR – I –

O vice, Sérgio Chesini que responde interinamente também pela Secretaria da Fazenda, tendo ao lado o Contador da Prefeitura, Ruben Ferretti, foi encarregado de apresentar a parte financeira:

– “ Esclareço que eu e o Alex viemos do Orçamento de Gestão Empresarial.  O orçamento que vamos colocar aqui é o Orçamento Contábil do Município de Garibaldi é de R$ 155.000.000,00. Mas, dentro desse orçamento, vamos encontrar R$ 33.000.000,00 que é do Fundo de Previdência dos Servidores,Funpres:  o prefeito não tem gestão sobre esse dinheiro. É a diretoria dos servidores, como é o Sindicato dos Servidores.

Outro valor, R$ 1.980.000,00  é da Câmara Municipal de Vereadores e quem faz a gestão dele é a presidência do Poder Legislativo. Então, o Orçamento de Gestão do Prefeito Alex é de R$ 120.000.000,00.”

RETROVISOR – II –

A COMPOSIÇÃO DO CAIXA recebido em 31.12.2020:

“ – valor real nas Contas Bancárias, R$ 25.481.000,00 dos quais já tinha gasto em custeio e não pago, R$ 4.996.000,00 um saldo ajustado de caixa de R$ 20.484.000,00 dos quais, Recursos Empenhados, que é: autorização de uma compra do exercício anterior. Tem que ter os recursos disponíveis tirado desse dinheiro alocado a uma conta bancária para atender essa despesa. Então, é dinheiro que já está aplicado. Não se pode mexer. R$ 12.000.000,00 foram empenhados em pavimentações. Mais obras, reformas, ampliações no valor de R$ 2.973.000,00. Compra de equipamentos, computadores, etc…R$ 494.000,00.  Além disso, dentro desses R$ 20.484.000,00, foram bloqueados valores de Recursos Vinculado, oriundos do Governo Federal e que deverão ser utilizados. Caso contrário, voltam para os cofres do mesmo. “

1 – o caixa real que recebido: R$ 2.990.568,10;

2 – desse valor, em dezembro/2020, se antecipa o IPVA que começa a vencer a partir de janeiro. Então é recurso do Orçamento de 2021 que foi antecipado para aproveitar os descontos pagos em dezembro, R$ 1.718.000,00. Dos R$ 2.918.000,00 que recebemos no Balanço Livre (R$1.718.000.000,00) já era do atual governo, pois era antecipação do IPVA de 2021 arrecadado no mês de dezembro/2020. Recebemos de caixa, eis o seguinte: recebemos de caixa do orçamento de 2020 é de  R$ 1.271.000,00.  No caixa livre tem R$ tem R$ 2.990.000,00. R$ 1.718.000,00, já era do exercício de 2021, oriundo do IPVA. “

RETROVISOR – III –

Sérgio colocou também que realizaram uma “recomposição de caixa para ver dentro da transparência. Tomamos os R$ 2.990.000,00 que é o caixa real disponível e adicionamos o seguinte:  no dia 28.12.2020, a administração anterior antecipou o pagamento de um financiamento da Caixa Econômica Federal que venceria somente  em 2035. E que no ano de 2021 pagaria R$ 1.250.000,00, mas no dia 28.12.20 pagou R$ 8.400.000,00.

No dia 30.12.2020, último dia em que os Bancos trabalharam, foi feito um aporte ao Fundo de Previdência dos Funcionários: nunca em 120 anos de existência do município de Garibaldi nunca foi feito aporte nenhum. Foi feito um aporte de mais de  R$ 3.500.000,00. Se fizéssemos a reposição do caixa ao prefeito anterior – no bom sentido de desenvolvimento e de facilitar a administração do município de Garibaldi, poderíamos deixar disponível, sem prejudicar absolutamente nada, ao contrário, facilitar a administração, R$ 17.890.000,00.”

RETROVISOR –  IV –

Sobre as dívidas que a atual administração resolveu pagar imediatamente:

“ – o saldo de R$ 167.092.000,00 daquele empréstimo (R$ 8.400.000,00) junto à CEF que venceria em 2035 e  que a administração anterior, no dia 28.12.2020, resolveu pagar.

“ – também, um parcelamento que o município fez de dívida junto ao PASEP, que é a Contribuição Patronal do Município ( Ponto de  Previdência), o qual venceria em junho de 2024, em parcelas mensais, no total de R$ 485.396.059,00.;

– Passivo Trabalhista, que representa férias vencidas e licença prêmio vencidas, horas extras, contribuições sociais, etc….Para terem uma ideia, temos 197 servidores com férias vencidas no dia 31.12.2020, dos quais, 109 com uma féria vencida, 59 com duas férias vencidas, 24 com três férias vencidas e cinco com quatro férias vencidas.

– precatórios já julgados pelo Tribunal de Justiça do Estado: teremos que pagar,durante este ano de 2021, com valores já corrigidos, R$13.418.000,00. “

=

Concluindo um ponto que estava em dúvida, quanto aos R$2.000.000,00 que a administração anterior anunciou ter deixado à disposição para a Covid-19, Sérgio disse que não aconteceu.

SESSÃO ORDINÁRIA DO LEGISLATIVO DE GARIBALDI DIA 8.2.2021

Márcia Maria Pedersetti, presidente/PP/ Foto: Bruno Milan, Assessoria Imprensa

O LEGISLATIVO – DA TRIBUNA – DESTAQUE

MÁRCIA MARIA PEDERSETTI, PP

A presidente do Legislativo, Márcia Maria Pedersetti, PP, fez uma colocação da tribuna que destaco, referente à realidade do bairro Fenachamp.

“ Gostaria de falar um pouquinho sobre segurança. Todos sabem que tenho um vínculo, uma convivência muito boa com os moradores do bairro Fenachamp e me solidarizo com eles. A demanda deles é a segurança. Conversei com o prefeito sobre isso, e é bem preocupante. Sabemos o problema é o tráfego de drogas, mas temos muitas famílias boas lá. Têm pessoas que pensam em largar tudo e ir embora. O maior problema do bairro são pessoas de fora que fazem o que não devem lá dentro. Penso que devemos pensar juntos. O diálogo precisa acontecer. : “ Como vereadora penso em marcar reunião com o comando do Batalhão que está lá localizado, com o Delegado de Polícia e tentar buscar uma solução para esse problema. Lá tem uma Creche e uma Escola Municipal. Até é difícil encontrar pessoas que desejam trabalhar lá. Eu trabalho desde 2013 no Posto. Nunca tive problema e foi isso que me motivou até em concorrer à vereadora. Quando conseguimos resolver esses problemas que lá temos, toda a comunidade será beneficiada. “

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.